Uma virtualização de hardware sem a participação de terceiros

Indicações de virtualização codificadas como parte do kernel

A principal diferença entre os Servidores Privados Virtuais KVM e quase todos os outros servidores virtuais não é outra senão a tecnologia de virtualização. Graças aos KVM, o servidor não requer um programa virtualizador adicional para ser executado- alternativa mente as indicações de software requeridas são compiladas dentro do SO da máquina anfitriã. O que reduz ao mínimo consideravelmente os recursos que o servidor tem de reservar para poder rodar aplicações extra fazendo, ao mesmo tempo, com que os tais recursos fiquem disponíveis a favor das máquinas hóspedes. O fato de eliminar o tal estrato de comunicação estra assim mesmo reduz o tempo de espera I/O, realmente fazendo o Servidor VPS correr muito mais rápido.
Uma virtualização de hardware sem a participação de terceiros

Acesso rápido aos recursos do servidor dedicado

Benefício dos recursos de servidor assignado especialmente para você

A moderna tecnologia virtualizadora dedicada à criação de KVM VPS permite a eles utilizar melhor os recursos do servidor disponíveis. O sistema KVM é compilado de forma direta no SO do host e faz possível que as máquinas virtuais se comuniquem diretamente com o hardware do servidor, em vez de ter que passar por uma camada de virtualização para cada solicitação. Esta reduzida comunicação redundante permite um desempenho VPS muito mais rápido.
Acesso rápido aos recursos do servidor dedicado

Pleno controlo do sistema operacional

Liberdade ilimitada na instalação daquele SO que tiver selecionado

Uma das desvantagens dos Servidores VPS, quando comparados com os servidores dedicados costuma ser mesmo o sistema operacional – muitas vezes você não tem outra opção senão escolher um dos sistemas operacionais aprovados pelo provedor. Com a ajuda de um KVM Virtual Private Server, não obstante, será fácil implementar praticamente qualquer um dos SOs que podem correr no seu servidor e também no hardware do servidor anfitrião. Este cenário é realizável graças ao funcionamento sem análogo da virtualização KVM. KVM forma parte integrante do sistema operativo do host, fazendo com que as máquinas de convidado mantenham a comunicação diretamente com e o hardware, eliminando a necessidade de mais um elo de comunicação, o qual não poucas vezes é mesmo o fundamento de outras plataformas virtualizadoras.
Pleno controlo do sistema operacional
  • Centro de Dados em EUA
  • Centro de Dados em EUA

    Steadfast, Chicago, IL